Toque de Caboclo

De WikiAlagoas

O Toque de Caboclo, também chamado de toré, é um tipo de culto realizado nos terreiros de Xangô. Esse culto acontece em terreiros de Maceió, em Alagoas. Ao invés dos orixás e dos pretos velhos invocados nos cultos afro-brasileiros, presta-se reverência aos caboclos, ou seja, ao espírito dos índios. Nos dias deste culto, o chefe espiritual do terreiro, chamado pai-de-santo, prefere ser chamado de pajé. A finalidade do ritual é chamar os caboclos a se incorporarem nos fiéis através de cânticos e danças, ao som de atabaques, que são tambores de origem africana. Todo terreiro que se dedica ao Toque de Caboclo tem a estatueta de um índio bem escuro com cocar de penas, arco e flecha, que é venerado como Oxóssi.

[editar] Referências

BARROS, Rachel Rocha de Almeida et alii. 2008. Mapeamento do Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Ufal - Universidade Federal de Alagoas, ICS - Instituto de Ciências Sociais, LACC - Laboratório da Cidade e do Contemporâneo, FUNDEPES - Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa. Maceió - Alagoas.

Ferramentas pessoais
Secretaria de Planejamento