Matriz de Camaragibe

De WikiAlagoas
280px-Matriz de Camaragibe.png

É um dos municípios do estado de Alagoas.

Tabela de conteúdo

[editar] Etimologia

Em 1850, a povoação de Camaragibe já constava, no Convento Franciscano de Olinda, da relação das paróquias da parte austral da Capitania de Pernambuco. O primeiro núcleo de povoação se instalou na parte alta do lugar, chamado de Alto do Outeiro ou Alto da Igreja Velha, onde foi edificada a sua Matriz, daí o nome que a diferencia do Passo, burgo irmão, quase da mesma época de fundação, quando ambos eram conhecidos pela denominação do rio que banha a região.

[editar] Demografia

População em 2010 23.785 (IBGE 2010).

[editar] História

O município de Matriz de Camaragibe desenvolveu seu núcleo, enquanto povoado, no então Alto do Outeiro, hoje Alto da Igreja Velha, onde está instalado um cruzeiro. Ao receber como doação de sua irmã, Dona Brites Pimentel (grande proprietária de terras e de sete engenhos de açúcar) um de seus engenhos na povoação de Camaragibe, José de Barros Pimentel, já em sua primeira visita, doou uma parte de suas terras a Gonçalo Moreira, para que fosse construída a Igreja de Bom Jesus.

A lei provincial 417, de 9 de julho de 1864, transferiu a sede paroquial para a cidade de Passo de Camaragibe, permanecendo assim até 1888, quando o presidente José Cesário de Miranda Monteiro de Barros restaurou a freguesia do Senhor Bom Jesus na vila de Camaragibe, através da lei provincial 1047, de 29 de dezembro. Até 1950 era vila do Passo de Camaragibe. Em 1958, através da lei 2093, passou a ser município.

Uma das curiosidades da história de Matriz é ter sido uma das únicas cidades do interior que chegou a ter imprensa própria. Em 1880 circulava O Camaragibe; em 1883, o Atalaia e, finalmente, em 1957, foi criado o Jornal da Matriz, grande defensor da ideia da emancipação.

[editar] Geografia

[editar] Localização

O município de Matriz de Camaragibe está localizado na região nordeste do Estado de Alagoas, limitando-se a norte com os municípios de Novo Lino e Jundiá, a sul com São Miguel dos Milagres e São Luiz do Quitunde, a leste com Porto de Pedras e Porto Calvo e a oeste com São Luiz do Quitunde e Joaquim Gomes. A área municipal ocupa 327,65 km² (1,18% de AL), inserida na meso-região do Leste Alagoano e na micro-região da Mata Alagoana, predominantemente na Folha Rio Largo (SC.25-V-C-I) e, parcialmente, na Folha Porto Calvo (SC.25-V-C-II), ambas na escala 1:100.000, editadas peloMINTER/SUDENE, em 1989. A sede do município tem uma altitude de aproximadamente 16 m e coordenadas geográficas de 09°09’07,2’’ de latitude sul e 35°31’58,8’’ de longitude oeste. O acesso a partir de Maceió é feito através das rodovias pavimentadas AL-101, AL-105 e AL- 413, com percurso em torno de 68 km.

[editar] Divisão Administrativa

[editar] Relevo

O relevo de Matriz de Camaragibe faz parte,predominantemente da Unidade das Superfícies Retrabalhadas que é formada por áreas que têm sofrido retrabalhamento intenso, com relevo bastante dissecado e vales profundos. Na região litorânea de Pernambuco e Alagoas, é formada pelo “mar de morros” que antecedem a Chapada da Borborema, com solos pobres e vegetação de [[floresta hipoxerófila]]. O município de Matriz de Camaragibe encontra-se geologicamente inserido na Província Borborema, representada pelos litótipos da Suíte Itaporanga, Formação Muribeca-Membro Carmópolis, Grupo Barreiras e Dep ósitos Flúvio-lagunares.

[editar] Clima

Na Unidade das Superfícies Retrabalhadas, o clima é do tipo Tropical Chuvoso com verão seco. O período chuvoso começa no outono/inverno tendo início em dezembro/janeiro e término em setembro. A precipitação média anual é de 1309,9 mm

[editar] Vegetação

A vegetação é predominantemente do tipo Floresta Subperenifólia, com partes de Floresta Hipoxerófila.

[editar] Hidrografia

O município de Matriz de Camaragibe está inserido na bacia hidrográfica do Rio Camaragibe, que atravessa o município, na direção NNW-SSE. A porção NE do município é banhada pelos Rios Tamandaré, Mucaitá e pelo Riacho Cafundó.O padrão de drenagem predominante é o pinado, uma variação do dendrítico e com sentido preferencial NW-SE. O sistema fluvial deságua no Oceano Atlântico

[editar] Política Municipal

[editar] Indicadores sócio-econômicos

[editar] Economia

De acordo com o IBGE, a atividade pecuária do município de Matriz de Camaragibe é contabilizada de acordo com a quantidade de: Asinino, bovino, caprino,Caprino,Eqüino Galinhas Galos, frangas, frangos e pintos,Leite,Muar ovinos, ovos de galinha e vacas ordenhadas.

No quadro ao lado, podemos analisar a produção dos referidos gêneros no município de Matriz de Camaragibe, entre os anos de 2003 e 2008.

Matriz de camaragibe2.png
De acordo com o IBGE, a atividade agrícola do município de Matriz de Camaragibe é contabilizada de acordo com a quantidade de: Abacaxi,Arroz,Banana,Batata-doce,Cana-de-açúcar,Coco-da-baía,Feijão,Laranja,Mandioca,Maracujá e Milho

No quadro ao lado, podemos analisar a produção dos referidos gêneros no município de Matriz de Camaragibe, entre os anos de 2003 e 2008.

Pecuária

[editar] Saúde

[editar] Educação

[editar] Comunicações

[editar] Transportes

[editar] Cultura

[editar] Figuras Ilustres

José Caralâmpio - advogado e político

Antonio Saturnino de Mendonça Júnior - escritor e político, foi presidente da Academia Alagoana de Letras

José Ignácio Uchoa - ministro do Supremo Tribunal Federal

Antonio Saturnino de Mendonça Neto - deputado estadual e federal, orador, intelectual

Maurício Melo Júnior - jornalista e crítico literário

Gilberto Braga - jornalista

[editar] Gastronomia

[editar] Folclore

[editar] Religião

[editar] Esportes

[editar] Vídeos

[editar] Referências

[1]

Diagnóstico do Município

Municípios Alagoanos – Douglas Apratto Tenório: historiador – Rochana Campos: Geógrafa – Cícero Péricles: Economista – Maceió: Instituto Arnon de Mello, 2006

Ferramentas pessoais
Secretaria de Planejamento